7 Motivos para assitir Deuses Americanos


Deuses americanos é uma série criada por Bryan Fuller e Michael Green baseada no livro de mesmo nome do Neil Gaiman. A série conta a história de Shadow Moon, um ex-presidiário que conhece um homem misterioso que chama a si mesmo de Mr. Wednesday e parece saber muito mais sobre Shadow do que deveria. Esse homem oferece a Shadow um emprego e depois de perder tudo com o que se importava Shadow acaba aceitando e juntos vão recrutar velhos Deuses em busca de formar um exercito para se defenderem de uma guerra que está chegando.

A série encerrou sua primeira temporada no último domingo, dia 20 de Junho e resolvemos listar 7 motivos do porque vale a pena assistir.

1° Neil Gaiman


Um dos motivos mais interessantes para assistir a série é o fato de ser baseada em um livro do Neil Gaiman, que é bastante conhecido na cultura pop por obras como Sandman, Stardust, Coraline, entre outras. E ele é um dos produtores e roteiristas da série, o que garante que a visão dele esteja bem retratada, assim como a fidelidade ao livro.

2° Elenco


 Seja na sutileza de Wednesday, vivido por Ian McShane ou na intensidade com que Yetide Badaki da vida a Bilquis uma coisa que não falta em Deuses americanos são personagens complexos e muito bem interpretados. Pablo Schreiber ao lado de Emilly Brownning criam juntos uma outra visão sobre o Leprechaun e a Esposa morta, quase a se tornar o alivio cômico da série eles fazem isso sem perder a complexidade de seus personagens e de suas trágicas histórias. Talvez o melhor paralelo entre o certo dentro do errado e o errado dentro do certo. Mostrando explicações até plausíveis para a maneira que agem e até para as decisões erradas que tomam. A série também conta com a presença de Gillian Anderson (Como Média), Crispin Glover (Como Mr. World), Peter Stormare (Como CZernobog), Ricky Whittle (Como Shadow Moon), entre outros.

3° Shadow Moon


 Embora a série seja bastante lúdica e com bastante história, assistimos da perspectiva de Shadow, alguém que sabe tanto quanto os telespectadores. Ao criar um paralelo entre a familiaridade com que os deuses agem entre si e a falta de entendimento dele torna mais fácil compreender o que está acontecendo porque as coisas vão sendo explicadas para o Shadow enquanto vão sendo explicadas para quem assiste. O que ele não entende nós também não entendemos, então fica mais fácil sobreviver ao nós que uma hora ou outra a série acaba dando.

4° +18


O fato da série ter como alvo um publico maior de idade trouxe momentos de extrema violência e com alto teor sexual. O que de fato era muito importante para a compreensão da história de alguns personagens, seja a história da Bilquis e toda a sensualidade envolvida ou as fortes cenas de luta envolvendo a esposa morta com direitos a baldes e baldes de sangue. Além do palavreado adulto que não falta em momento algum.

5°Fotografia


Sem dúvida alguma a série é muito linda visualmente. O mundo lúdico que o Neil Gaiman descreveu lá no livro ganha forma de uma maneira extraordinária na série, e isso é essencial para que esse mundo fantasioso se torne real quando entendemos a critica que existe por trás de tudo isso. Seja na concepção de deuses ou de sociedade. Dessa maneira enquanto a série mostra cenas com baldes e baldes de sangue nos pegamos questionando até mesmo a nossa moralidade.

6° Divindade, Mitologias e Contos


A série é um prato cheio para quem gosta de mitologia. Sejam os deuses antigos onde buscamos referencias em outras histórias ou os deuses novos criados a partir da maneira em que os homens vão se adaptando ao mundo, as histórias são todas um deleite. Cheia de reflexões, inclusive sobre a história da humanidade, sobre quem eramos até chegar em quem nos tornamos. Uma outra coisa que acontece em quase todos os episódios são os contos, normalmente referente a algum dos deuses antigos eles são repleto de histórias que se encaixam bem demais no mundo de hoje. Como o conto de Anansi em que é um reflexo do preconceito racial e o conto de Bilquis que resulta em uma história sobre machismo e misoginia.

7° Renovada


Sem dúvida alguma é extremamente frustrante começar uma série e vê-la ser cancelada na primeira temporada sem nem ao menos um final digno para os personagens. Deuses americanos já está livre desse mal, a série já estava em processo de renovação antes mesmo da estreia e de fato já foi renovada.

Todos os episódios encontram-se disponíveis no serviço de streaming Amazon Prime Video.
7 Motivos para assitir Deuses Americanos 7 Motivos para assitir Deuses Americanos Reviewed by Yara Lima on junho 20, 2017 Rating: 5